.comment-link {margin-left:.6em;}

quinta-feira, fevereiro 24, 2005

Sabia que ...

Sabia que, pela primeira vez na História da Democracia Portuguesa, um dos dois maiores partidos (PS ou PSD), não tem deputados suficientes para impedir uma Revisão Constitucional do outro com os Partidos pequenos ?

Pois, os 2/3 necessários a qualquer Revisão Constitucional em Portugal, estão pela primeira vez nas mãos da Esquerda.
O que significa que, se o PS, por hipótese, desejar efectuar uma alteração Constitucional, não necessita de negociar com o PSD (o que até hoje foi sempre necessário), e pode fazer essa negociação com o Bloco de Esquerda e a CDU.
A chamada força de bloqueio (assim apelidada por PS e PSD), pura e simplesmente, deixou de existir ...

Portugal precisa de Reformas ...
O PS tem maioria absoluta e possibilidade de alterações Constitucionais com os Partidos mais pequenos ...
Tem a faca e o queijo na mão ...
Só é preciso competência, porque as "Armas" para a Governação, os Portugueses já lhes deram TODAS !!
Assim, digo :

O PS , por Portugal, por si e pela Esquerda, está
PROIBIDO de falhar !!!

3 Comments:

At 11:01 da manhã, Blogger O de boa memória said...

É ridículo!

Não existe a tal "esquerda". Existem três esquerdas: o centro-esquerda (PS); a esquerda ortodoxa (PCP) e a esquerda radical (BE).

Achas razoável pensar que uma grande revisão irá ser feita à esquerda?

O PS, por Portugal, está proibido dse falhar? Concordo.

Por si e pela esquerda? Não falhando pela "esquerda", falha por Portugal.

 
At 3:43 da tarde, Blogger O Homem das Ilhas said...

A tua adjectivação, e o teu problema, não me dizem respeito ...
A "Esquerda" tem os 2/3, quer queiras, quer não, é a Realidade (é melhor começares a te habituar). E, assim sendo, uma Revisão Constitucional à "Esquerda", não é ridícula, é uma possibilidade.
Não é relevante se são ortodoxos, radicais, trauliteiros, ou se "comem criançinhas ao pequeno-almoço" ...
Foi isso que exprimi no meu post ...
Na minha opinião, a "Direita" está como está hoje, muito devido à falta de visão, discernimento e objectividade política, bem ilustrada pelo teu post ...
O que nós queremos ... Está muito pouco relacionado com as verdadeiras possibilidades ...
Depois perguntas se acho razoável pensar que uma grande revisão irá ser feita à esquerda?
Claro que é razoável ... Tudo o que é possível fazer legalmente em Democracia é razoável ... E, é fácil perceber, que o PSD, neste momento não tem poder negocial nenhum ...
Até acho possível, que essa mesma revisão constitucional (ainda nem se sabe se vai ser feita) seja feita com o PSD, precisamente por a ideia de a fazer à "Esquerda" incomodar tanto as forças reaccionárias (como se vê !!), preferindo estas cederem ao PS, só para este não fazer acordos mais à "Esquerda" .
Como vês, não digo, nem disse, vai ser assim ... Digo e disse, à a possibilidade de ser assim ...
Por fim, dizes :
"Por si e pela esquerda? Não falhando pela "esquerda", falha por Portugal."
É a tua opinião, uma espécie de futurologia e mau olhado ...
Fazes-me lembrar o Pacheco Pereira ultimamente ...
Partes do pressuposto, na minha opinião errado, de que aqueles que não são os "teus", não prestam ...
Em Democracia, TODOS são necessários ... Agora é necessário saber "ganhar" e saber "perder" ...
E não considerar que tudo o que não corresponde à nossa convicção ou ideologia é necessariamnete mau ...
Eu considero que a "Esquerda", hoje em maioria de 2/3 no Parlamento em Portugal tem, a capacidade, a obrigação e os instrumentos necessários para fazer de Portugal um país melhor ... Com políticas de "Esquerda", com verdadeiras preocupações sociais, com uma aposta séria na Educação, na Saúde e na Inovação Tecnológica ...
O futuro "Esquerdista" do nosso Parlamento o dirá ...

 
At 4:57 da tarde, Blogger O de boa memória said...

Futuro "esquerdista".

ahhahahahahhah.

Tá tudo louco.

Wake up.

Deixo-te com esta pérola do "Lóbi do Chá":

Quem tem um blogue sobre política, deveria neste momento querer fazer um grande texto sobre os resultados eleitorais. Eu não. Prefiro, apoiado nos 6% do Bloco de Esquerda, ir amanhã para o café nu, a fumar haxixe, e a ler uma revista pornográfica. Trabalhar não é preciso, o PS irá colocar-me num dos 150 mil lugares disponíveis no aparelho do Estado. À tarde vou aprender a fazer pão… Mais tarde ou mais cedo, haverá fome neste país. Acabo o dia num miradouro, a ouvir Sérgio Godinho e a fazer um charro. Depois de amanhã, sem nada para fazer, vou arranjar um bom lugar para assistir à fuga dos capitais portugueses para o estrangeiro. Na quarta, ainda sem nada para fazer, vou olhar com regalo para os investidores estrangeiros a fugir para países mais simpáticos. Na quinta vou-me rir dos desempregados. Na sexta vou para uma suite de um hotel de luxo (Ritz de Lisboa), encomendo um pargo real e dez garrafas de Pêra Manca. Quando tiver que pagar, pago a crédito… Afinal de contas, os socialistas estão de volta!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home