.comment-link {margin-left:.6em;}

domingo, julho 10, 2005

A palhaçada continua ... (Parte 2)

.
"No documento de protesto, aprovado ontem na Madeira, as alegações dos conselheiros de Jardim, que legitimam a sentença, são várias. Primeiro, porque já não é a primeira vez que Marques Mendes "assume um comportamento de falta de respeito" para com Jardim, dado que emite opinião "sem prévia audição do visado", "num intuito claro de agradar à comunicação social", a mesma que "faz propaganda do presente regime corporativo, transformando, assim, a personagem em causa (leia- -se Marques Mendes ) num adorno do mesmo regime" e num "factor constante de sucessivas divisões no seio do PSD, o que é impróprio para um líder". Note-se que, imediatamente antes da referência a Marques Mendes, o comunicado louva Jardim pela "defesa da economia, das empresas e dos postos de trabalho dos madeirenses", contra a permanência dos comerciantes chineses e indianos na região". Segue-se a "censura" às "atitudes sucessivas" do líder nacional do partido e a recomendação para não se deslocar à Madeira. "
.

Isto é incrível ...
As sanções são do PSD-Madeira ao líder nacional e não o vice-versa ...
Segundo o comunicado, Marques Mendes, é um adorno do regime corporativista ...
E alvitra a recomendação para este não se deslocar à Madeira ...
É demais ...
A Madeira ainda é Portugal ...
Alberto João Jardim ainda é detentor de um cargo público neste país ...
E ninguém faz nada ?
E no PSD ? Será que ainda ninguém se lembrou de repreender o líder Madeirense ?
Será que é pelo facto do PSD-Madeira ser independente do PSD nacional através da famosa Fundação Social Democrata ...
Assim não ... Definitivamente não ...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home